"Essa tal ANSIEDADE!" - #3 - "O que causa a ANSIEDADE? Quais são as causas da ANSIEDA


Continuamos com a nossa série de vários textos e vídeos sobre ANSIEDADE. Não deixe de conferir a série completa por aqui, no "BenchEscritos", ou "no Youtube".


"O que é ansiedade? Porque sentimos ansiedade? O que fazer com a ansiedade? Qual é a causa da ansiedade? Ansiedade tem cura? As perguntas são as mais diversas, e, vai ser um prazer bater alguns papos com você sobre "Essa tal ansiedade!"

No bate papo de hoje:

"O QUE CAUSA A ANSIEDADE? QUAIS SÃO AS CAUSAS DA ANSIEDADE?"


Porque eu sou ansioso? O que causou a minha ansiedade? Eu sou ansioso mesmo? Isso aqui que eu estou sentindo, é essa tal ansiedade? Quais são as causas da minha ansiedade? Será que a ansiedade tem uma única causa, ou várias causas? O que a ciência diz sobre isso?


Você já se fez alguma dessas perguntas?

Se você é ansioso, eu tenho certeza que já!


Uma das primeiras coisas que você precisa saber, é que a ansiedade não tem uma única causa, mas pode ter algumas causas. Seja qual for o quadro ansioso desenvolvido, existem alguns fatores que somados, influenciam e contribuem na causa da ansiedade. São eles:


1) Fatores biológicos (fatores de causa genética)

Como nós já falamos, a ansiedade é necessária para a nossa sobrevivência. A ansiedade considerada "normal", nos prepara para enfrentarmos as dificuldades, as situações de perigo do nosso dia a dia, precisamos dela para existir, para a nossa sobrevivência, e essa não deve ser tratada, é uma emoção adaptativa.

- Porém, algumas pessoas podem ter, por uma pré disposição genética, uma sensibilidade um pouco maior aos fatores de risco e ameça;

- Outras pessoas podem sofrer algumas alterações químicas ou na estrutura do cérebro, e essas alterações e mudanças na estrutura podem interferir na ansiedade;

- Alterações no circuito da amígdala cerebral;

- Níveis baixos nos neurotransmissores: serotonina, dopamina e noradrenalina

- Algumas doenças que atingem o nosso corpo, podem ser fatores de risco no desenvolvimento da ansiedade;

- Alguns distúrbios ou alterações hormonais;

- Abusos de algumas substâncias também podem influenciar.


Esses são alguns dos fatores que consideramos "Biológicos/Genéticos"



2) Fatores História de Vida (evento traumático ou padrão aprendido)

Quando nascemos, somos um HD em branco, zerado, e, somos influenciados pelos modelos que recebemos, que a nós é apresentado pelos nossos cuidadores, nossos pais;

- Familiares com padrões de ansiedade influenciam;

- Padrões familiares que incentivam a urgência, preocupação, pais rígidos, exigentes com a performance "entrega", ou, pais punitivos (que usam o castigo pra tudo), podem influenciar padrões de ansiedade. Mas porque? Porque às vezes, quando expostos a esses padrões, essas situações liberam um clima de perigo, de incerteza, e isso, pode ser visto como uma situação de perigo, que manda sinais para o nosso corpo ficar em estado de alerta, o tempo todo.

- Problemas na escola, problemas de relacionamentos na infância, situações de privações ou altas expectativas também são fatores de risco.


3) Fatores Ambiente

Ao longo da nossa história de vida também somos expostos e nos relacionamos, interagimos com tudo isso que temos a nossa volta, e que podem também influenciar nosso comportamento, como aprendemos, reagimos e sentimos com tudo isso que somos expostos, a nossa volta.

- As redes sociais pelas altas expectativas tem se apresentado como um fator de risco de ansiedade;

- Alguns tipos de trabalho e como lidamos com ele. Os trabalhos com alto grau de exigência, cobrança, desempenho, performe, uma sobrecarga grande trabalho, muitos horas de trabalho e poucas horas de descanso e relaxamento, tudo isso pode influenciar e muito a ansiedade;

- Questões financeiras;

- Altas expectativas, ou nenhuma expectativa, dependendo da pessoa, pode também ser um fator de risco para a ansiedade;

- Outra coisa muita importante, já que estamos falando do "meio" do "ambiente", nós temos alguns fatores considerados "protetores" para a nossa saúde física e mental: estabelecer relacionamento com outras pessoas, estar em contato com a natureza, realizar atividades físicas, tomar sol, e a ausência ou privação desses fatores de proteção, podem influenciar no desenvolvimento da ansiedade. Quem não gosta de trabalhar perto de uma janelinha, ver o dia lá fora.

- Manter uma boa alimentação, com todos os nutrientes necessários para o nosso organismo é importante também.


Ah! Então quer dizer, que, porque meus pais foram exigentes comigo, eu sou ansioso?

Não. A gente não pode destacar um fator e concluir que esse fator foi determinante para a causa da sua ansiedade, até porque, a soma, a combinação e a análise de todos esses fatores juntos (biológico, história de vida, e ambiente), precisam ser avaliados para entendermos um pouco melhor o que pode ter contribuído para o desenvolvimento da sua ansiedade.


Não busque a "causa" para achar os "culpados", mas, busque as "causas", para encontrar a melhor forma de tratamento para você.


A boa noticia é que o nosso "cérebro é plastico", ele tem uma plasticidade capaz de se reorganizar, aprender novos modelos e padrões, e, então, conhecer a causa nesse caso vai ajudar para entendermos como podemos trabalhar com a sua ansiedade.


Saber a causa nos ajudará a colocar a energia no lugar certo!


E, como resolver o nosso problema para a ANSIEDADE?

Qual é o tratamento para a ANSIEDADE?


O TRATAMENTO da ansiedade a gente vai ver, no próximo vídeo da série: "ESSA TAL ANSIEDADE!"


Esse foi o bate papo de hoje, eu vou ficando por aqui, e, a gente se vê por ai!


Abraços,

Déborah Stroebel




Artigos em Destaque
Artigos Recentes
Artigos por datas
Tags por assunto
Redes Sociais
"Siga-me"
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

Imagens, trechos de filmes, músicas, citações, referencias, entre outros itens que poderão ser utilizadas neste site, são marcas registradas dos seus respectivos proprietários. © 2017 - deborahstroebel - 2018

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
"Se inscreva nas nossas redes sociais e fique por dentro das novidades!"

Déborah Stroebel CRP: 98038

E-mail: deborahstt@yahoo.com.br

Telefone e WhatsApp: (011) 9-8422-4655

Clínica em: Alphaville/SP (Centro Comercial)

Entre em contato! Agende sua consulta!

#benchleader #deborahstroebel