"Essa tal ANSIEDADE" - 6 - "E a crise de ANSIEDADE, tem CURA? Pode MATAR?"

Continuamos com a nossa série de vários textos e vídeos sobre ANSIEDADE. Não deixe de conferir a série completa por aqui, no "BenchEscritos", ou "no Youtube".


"O que é ansiedade? Porque sentimos ansiedade? O que fazer com a ansiedade? Qual é a causa da ansiedade? Ansiedade tem cura? As perguntas são as mais diversas, e, vai ser um prazer bater alguns papos com você sobre "Essa tal ansiedade!"


No bate papo de hoje:

E A CRISE DE ANSIEDADE, TEM CURA? ELA PODE MATAR?

O que acontece comigo quando eu tenho uma crise de ansiedade? Porque eu tenho essa sensação horrível e de morte. Vou morrer? Porque tudo isso acontece?


Nós já aprendemos que a ansiedade faz parte da nossa vida, e que precisamos dela para a nossa sobrevivência.


Aprendemos também, que existe uma ansiedade que não é nada legal, pelo contrário, ela é disfuncional, nos causa muita desconforto, prejuízos e sofrimento. Às vezes, quando experimentamos dessa ansiedade, essa ansiedade disfuncional, podemos experimentar também da "crise de ansiedade", e passar pela crise de ansiedade é extremamente desconfortável e dá medo, algumas pessoas experimentam uma sensação de morte, achamos que vamos morrer.


Mas, porque experimentamos da crise de ansiedade?

Através dos nossos sentidos, o cérebro percebe alguma coisa estranha, percebe que algo pode acontecer ou está acontecendo, uma ameaça, e, manda todos os sinais necessários para o nosso sistema nervoso central que interpreta essa ameaça e se manifesta através dos sintomas, e é exatamente por isso, que nós sentimos milhões de sintomas. O que acontece na crise, de ansiedade é que esses sintomas ficam mais intensos, e, como a gente acaba dando muita atenção pra eles, eles ficam mais fortes, mas intensos, a gente sente e percebe tudo muito intensamente.


Se você não viu o vídeo de sintomas, não deixe de assistir, o caminho da série completa você vai encontrar aqui na descrição (abaixo).

ETAPAS - COMO A CRISE ACONTECE?

Então, vamos revisar como a crise acontece:

1) Primeiro, reconhecemos uma ameaça ou potencial ameaça;


2) Então essa ameaça é percebido pela "amígdala cerebral", que responde quase que instantaneamente a essa ameaça, a gente nem precisa pensar muito, não é muito consciente, mas, de alguma forma, percebemos através dos sentidos, e pronto, aconteceu.


3) Com isso, com essa percepção de ameaça a gente começa a produzir a adrenalina, e o hormônio cortisol, que é produzido pelas glândulas supra renais (que fica na região em cima dos rins).


4) E com a produção de "Adrenalina e Cortisol", o corpo começa a se preparar para "lutar ou fugir", como ele percebeu uma ameaça, ele entende que ele precisa juntar, concentrar toda aquela carga de energia (que vem da Adrenalina e do cortisol), para começar a lutar ou fugir (resposta de luta e fuga).


5) E então, todos aqueles sintomas começam a aparecer, e então a gente experimenta o ápice da ansiedade, nosso corpo 100% ligado, nós percebemos a crise de ansiedade.


Por exemplo:

Na nossa cabeça, no nosso cérebro, por conta da adrenalina: um medo absurdo, uma sensação de morte, porque a gente percebe e começa a dar muita atenção para todos os sintomas que o nosso organismo começa a perceber, temos uma sensação que estamos perdendo o controle do nosso corpo, das nossas emoções. Inquietação, dificuldade para se concentrar, afinal, a nossa cabeça fica cheia de pensamentos, nossos pensamentos ficam acelerados. Então, ficamos mais atentos aos perigos, aquela sensação de ameaça, e todos as reações físicas que a gente começa a produzir.


No nosso peito a gente começa a respirar rápido, a gente acha que vai desmaiar porque parece que vai faltar ar, sentimos uma sensação de sufocamento. A gente começa a não fazer o processo correto de troca de gases: (respirar) oxigênio e (soltar) gás carbono.

Nossos músculos: começam a reagir também, como a gente percebe uma situação de ameça, nosso corpo, nossos músculos, precisam se preparar porque? Para correr e fugir! Então, a adrenalina manda mais sangue para os músculos, vem a tensão, tremedeira, a gente sente ondas de calor, pele mais pálida, mãos frias, o sangue passa a circular de forma diferente, sai da pele e vai para os músculos, afinal de contas, o seu corpo ta percebendo o perigo e mandando para os seus músculos, toda a energia necessária, para que você possa correr, fugir, vem a respiração rápida, o coração começa a bater mais rápido (taquicardia)

Tudo isso que acontece, é o nosso corpo respondendo, tudo isso acontece porque através dos nossos sentidos, de alguma forma percebemos uma ameaça, mandamos um sinal para o nosso corpo, começamos a produzir adrenalina e cortisol, e o nosso corpo começa a responder a essa mensagem de luta e fuga.


Agora, imagina isso acontecendo, várias vezes ao dia.

Imagina, de alguma forma você ficar exposto várias vezes ao dia a essa resposta de luta e fuga.

É muito desgastante, e causa muito sofrimento.

O corpo parece não entender mais, quando realmente existe uma ameça que ele precisa se preocupar, e quando não existe uma ameaça, e, quanto mais a gente luta, parece que sentimos mais a crise de ansiedade, e é mesmo, porque a gente começa a se concentrar para não sentir a crise de ansiedade, e quando elas acontecem, o que a gente mais faz, e dar total atenção pra elas.


A crise de ansiedade não pode matar, mas é muito desconfortável sentir todas essas sensações.


Sempre que a gente sente um sintoma, é importante ir ao médico e entender do que se trata esse sintoma, receber um diagnostico, até você saber, se todos esses sintomas fazem parte de alguma doença, ou, é só a ansiedade falando, dizendo pra você: mude o ritmo, cuide de você.


A crise de ansiedade, tem uma duração especifica, atinge um pico e depois passa, o pico pode durar cerca de 10 minutos, e essa sensação, a crise pode durar por uns 30, 45 minutos, mas depois ela passa. Mas, ficam as dores no corpo, o medo, os pensamentos.


Ansiedade não é brincadeira, e a gente precisa se cuidar!


Mas, como perceber se eu estou percebendo só alguns sintomas de ansiedade, e estou tendo uma crise de ansiedade?


Este, é um assunto para o nosso próximo vídeo.


Eu vou ficando por aqui, e a gente se vê por ai!

Abraços,

Déborah Stroebel

VÍDEO - SINTOMAS DA ANSIEDADE:

Essa tal ANSIEDADE!" - #2 - Quais são os sintomas da ANSIEDADE?

https://www.youtube.com/watch?v=8TX4cR1D1fs&t=13s

Artigos em Destaque
Artigos Recentes
Artigos por datas
Tags por assunto
Redes Sociais
"Siga-me"
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

Imagens, trechos de filmes, músicas, citações, referencias, entre outros itens que poderão ser utilizadas neste site, são marcas registradas dos seus respectivos proprietários. © 2017 - deborahstroebel - 2018

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
"Se inscreva nas nossas redes sociais e fique por dentro das novidades!"

Déborah Stroebel CRP: 98038

E-mail: deborahstt@yahoo.com.br

Telefone e WhatsApp: (011) 9-8422-4655

Clínica em: Alphaville/SP (Centro Comercial)

Entre em contato! Agende sua consulta!

#benchleader #deborahstroebel